sexta-feira, 20 de abril de 2018

O Dilema da Publicidade / O Nazismo e o PT - Reflexão



- por Adrian Mcoy

O "Putsch da Cervejaria" foi a tentativa frustrada que Hitler executou em 1923 para a tomada do governo alemão, a qual foi prevista pela polícia e assim evitada graças a traição de um dos golpistas que desistiu da ação, causando assim a morte de vários integrantes do partido Nazi (os nazistas) e a prisão deste que seria o grande nome do holocausto.

Tendo ficado por 9 meses em cárcere, porém, com tratamento de ouro e constantes cartas de apoio a sua pessoa, Adolf Hitler viu naquilo um cenário perfeito para a definição concreta de suas ideias, as quais, duas décadas mais tarde, resultariam em uma média de 40 milhões de mortes.

🔫🔫🔫🔫

Apesar do engano de alguns em dizer que foi neste episódio que a filosofia nazista nascera, sabe-se que na verdade ela surgira quase um século antes com o filósofo Arthur de Gobineau, um pensador de ideias absurdamente racistas e que foi o primeiro a levantar o pensamento de que a raça superior e pura era somente a raça ariana e que a mistura com as demais poderiam levar a humanidade ao declínio. Aliás, este mesmo filósofo esteve no Brasil onde até conheceu o imperador Dom Pedro II e não escondeu deste o seu pleno descontentamento com a nação por ser este um país de extrema mistura de raças inferiores e que, por esta razão, esta sociedade nunca iria para frente.

Outrossim, foi durante a prisão de Hitler que iniciou-se uma das mais poderosa obras de publicidade da história: a propaganda nazista. – Os propagandistas do nazismo, especialmente Joseph Goebbels, souberam explorar de maneira perfeita o cenário da prisão de Hitler e morte de seus aliados durante o Putsch da Cervejaria, elaborando uma divulgação política de forte teor nacionalista e que simplesmente emocionou toda a nação e transformou Hitler em um herói. Desta maneira, quando saiu da prisão e discursou para o país, bastou a este declamar seu discurso com seu pulso sobrenatural e poderosamente convincente que rapidamente a Alemanha foi por ele conquistada.

☭☭☭☭☭

A pergunta agora é: será que agora a propaganda petista terá o mesmo poder? Sendo que nos encontramos quase que no mesmo cenário em que a Alemanha se encontrava naquela época: um país desacreditado e cansado com a total desordem política. – Enganamo-nos se acharmos isso um absurdo, pois falaríamos o mesmo se nos dissessem que uma propaganda iria nos convencer das ideias nazistas, caso sua história ainda não tivesse acontecido. Todos ficaríamos encantados e vestiríamos a suástica com orgulho. E assim, anos depois, viveríamos uma imensa vergonha e arrependimento diante do desastre acontecido.

Estamos, portanto, agora, diante ao ”Dilema da Publicidade”. Eu, como publicitário, aprendi a me utilizar das técnicas de divulgação para promover empresas. No entanto, estas mesmas técnicas podem ser utilizadas para promover pessoas! Promover, convencer e incentivar; assim como o Partido Nazi já provou um dia ser possível. Torçamos para que os brilhantes dos meus amigos em publicidade não sejam “recrutados” para o Partido da Estrela Vermelha, pois o cenário para mais um acontecimento catastrófico já está montado e, infelizmente, para a sua criação e sucesso... basta apenas uma pequena ideia.